2007-07-28

Já se estranhava

Quando se começou a ver a Tãnia Laranjo, mais conhecida por espalhar desinformação, e inventar notícias apenas para atacar o SLB, a noticiar as investigações do apito dourado no Correio da Manhã, bastante se estranhou nos blogs a aparente isenção. No entanto, agora que chegou quase ao fim a instrução, aparece a verdadeira face da jornaleira. Já ontem, num artigo sobre as escolhas de observadores para jogos arbitrados por Paulo Paraty, a jornaleira tinha colocado um parágrafo sem a mínima relação com a notícia, de novo com a MENTIRA, várias vezes desmentida, de LFV ter escolhido árbitros, desta vez por intermédio de João Rodrigues. Já por várias vezes se tentou explicar àquela portadora de carteira de jornalista que recusar árbitros por serem publicamente corruptos é muito diferente de escolher, ou de pagar a árbitros, mas como qualquer andrade papagueador da tese oficial do grémio da fruta, a senhora ignora não só isso, mas também que todos os dirigentes dos clubes envolvidos nas meias finais da taça receberam chamadas iguais. Depois, também ignora que não deve publicar acusações sem prova - e se há algo, em todas a provas que foram recolhidas neste caso, que prove alguma ligação de João Rodrigues ao SLB, e a sua utilização para escolha de árbitros, gostava de as ver. Até lá não passa de mais uma calúnia de alguém bem conhecida como funcionária andrade.
Hoje, com o artigo que pretende fazer um resumo das acusações aos dirigentes desportivos, a dita cuja. papagaiando a mais básica propaganda andrade, volta a tentar envolver o SLB. Muito grave é o parágrafo que transcrevo abaixo, pela tentativa de manipulação e pela utilização de acusações sem provas nenhumas:
"O Benfica, pelo seu lado, também não sai absolutamente “ileso” de uma investigação marcada por avanços e recuos. Embora só tenha sido interceptada uma escuta em que Vieira indicava o árbitro que pretendia (a conversa foi mantida com Valentim Loureiro antes de um jogo da Taça de Portugal), são diversas as conversas entre Pinto de Sousa e João Rodrigues, ex-presidente da Federação e conhecido benfiquista, em que o presidente da arbitragem da FPF tenta conhecer os “desejos” dos encarnados para depois poder indicar os árbitros da sua preferência."
Como se vê, esta propagandista começa por reconhecer que LFV apenas surge numa gravação, e incorre numa incorrecção (propositadamente ou por limitações de compreensão) imediatamente de seguida - alguém explica a uma pessoa com óbvias limitações intelectuais, como parece ser o caso da senhora em questão, que recusar árbitros por estarem ligados ao FCP (como já está mais que provado) não é o mesmo que escolher árbitros? E que, como também já foi dito e repetido pelos presidentes dos outros três clubes nas meias finais da taça, também eles receberam uma chamada igual?
Depois piora - usa as gravações entre Pinto de Sousa e João Rodrigues, segundo a jornaleira (quero tanto tratá-la por outros nomes, mais descritivos da suas falhas de personalidade e intelectuais, mas era descer ao nível dela) "conhecido benfiquista", para teimar na tese falsa e abundantes vezes desmentida, que Pinto de Sousa teria querido indicar árbitros da preferência do SLB.
O que enoja, além de tanta mentira, é não só a impunidade com que se escreve e se vai saltando de jornal em jornal com estas patacoadas, sem provas e muitas vezes desmentidas, mas também os boçais andrades (os únicos comentários que não são censurados pela redacção do CM), a espumarem pela boca e a tentarem desesperadamente atacar o SLB a partir das mentiras e falsidades desta escriba de segunda categoria. Como se alguém com um QI normal acreditasse que o SLB andava a escolher árbitros para ser prejudicado...
Claro que quem ainda acredita que nestes 25 anos o FCP ganhou algum campeonato de forma limpa ou é cego, surdo e mudo, ou tem limitações cerebrais graves. Desde o caso Guímaro que já se sabia até os preços de cada árbitros, de cada jogo...

Não seria altura de LFV e do SLB lhe colocarem um processo por difamação?

2 comentários:

VeRMeLHoVZKy disse...

A Tânia, já no Público gostava de escrever estas coisas. E o vício de envolver o LFV nisto já é tão grande que ela passa os dias nisso.

Ela, Felícia Cabrita, António Tavares-Teles e outros. Mas de tanto repetirem não criaram uma verdade... mas mostraram o quão imbecil essa acusação é!

O Pato (ATavares-Teles) usa a mesma acusação contra LFV, mas depois fica chocado quando se divulga uma escuta em que ele diz que vai inventar uma notícia para pressionar a federação para que esta não suspenda DECO! Engraçado não é?

Telmo disse...

Excelente post, é incrível como a máfia do norte é tão forte que inúmeros profissionais não hesitam em colocar a sua integridade profissional em causa por causa de um clube de futebol, mas estas pessoas não percebem que estão a colaborar com umá máfia, logo tão a cometer um crime? Que país degradante...

 
origem