2008-05-02

Doping

Um ex "grande jogador" de vários clubes portugueses admitiu esta semana ter consumido cocaína durante anos. Apesar de ainda ter mentido sobre a data em que começou o consumo regular, um amigo dele já testemunhou o início do vício em 1999. Sendo que o jogador na altura estava no grémio da fruta. Mas não é isso o estranho. Estranho é:

- Como é que um jogador de futebol, pertencente a dois clubes que costumam acabar nos três primeiros no campeonato nacional nunca foi a um controle anti-doping? Os seus colegas nesses clubes também nunca vão?
- Será por isso que numa recente meia-final da taça os jogadores do clube da casa apareceram na segunda parte com uma energia que não tinham mostrado na primeira, correndo muito e marcando muito? E por isso que "quebraram" no jogo seguinte, sendo humilhados pelo último classificado?
- Será por isso que várias equipas (por exemplo a Académica) quando jogam contra o Glorioso mostram uma energia que não se vê em mais nenhum jogo do campeonato, correndo o jogo todo de forma extraordinária?
- E já agora, que faz o sinistro sr. Dias, que sem provas perseguiu um jogador do Glorioso (que já tinha sido condenado e cumprido a sanção, apesar de inocente) até transformar o mês de suspensão que lhe faltaria cumprir em seis meses? O que se diz a uma confissão do uso de drogas? Também se vai queixar ao comité anti-doping?
- E a osga do comité olímpico nacional, que na altura foi cúmplice do sr. Dias? Como explica que o seu belo LAD nunca tenha detectado o consumo de cocaína por este atleta? Será que o LAD é mesmo a cambada de incompetentes que foi acusado de ser na altura?
- Finalmente, porque é que nenhum jornalista teve coragem para fazer uma que fosse destas perguntas? Porque é que qualquer comentário neste sentido é censurado nos jornais online, enquanto as boçalidades e mentiras de andrades e osgas são todas publicadas, desde que sejam a atacar o Glorioso?

PS: Mudando de assunto, é interessante ver como as osgas e os andrades são iguais nalgumas coisas. Os andrades quando se lhes mostra provas destes 26 anos de fraude e corrupção, normalmente ou se refugiam na desculpa dos pequeninos (os clubes/habitantes da Capital sempre foram protegidos, aqui na província é mais difícil, sabes o que nos temos que deslocar para resolver um contrato, etc.), desculpa esta que as osgas não podem usar, ou usam as invenções dos 50 anos de fascismo (o que vindo de adeptos de dois clubes fascistas para atacarem o único clube que sempre foi democrático e afrontou o antigo regime é da maior falta de vergonha e de conhecimento de história possível), ou inventam inexistentes dívidas ao estado do Glorioso ou inexistentes, várias vezes desmentidos com provas, perdões do Estado (então os andrades que já tiveram um estádio penhorado e que jogam num centro de estágio pago pelos contribuintes, que tiveram piscinas pagas pela câmara do porto que nunca foram construídas, etc., mais valia estarem calados), ou finalmente quando isso não pega inventam benefícios inexistentes ao Glorioso (como o penalty bem marcado sobre o Simão ano passado num jogo em que fomos várias vezes roubados, frente ao Beira-Mar) para tentar desviar a atenção dos roubos PROVADOS feitos a favor dos seus clubes. De facto, a seguir ao Glorioso, o maior clube português é mesmo o dos pequeninos, o anti-benfica...

4 comentários:

Prodigy disse...

Então, se tiveres coragem, responde lá a isto, relativamente à epoca passada:

Segundo o secretário de Estado do Desporto, na época passada “o Naval, o Leiria e o Setúbal foram visitados 12 vezes pelo controlo antidoping, o Beira-Mar 13, o Sporting 18 (…) o Benfica 11, (…) e o FC Porto 30”.
http://futebolar.portugalmail.pt/artigo/20070730/o-computador-do-cnad-so-pode-estar-avariado


Dez jogadores do FC Porto submetidos a controlo antidoping
Acção surpresa da UEFA durante o treino no Centro de estágio do Olival
http://jn.sapo.pt/2006/11/24/ultimas/Dez_jogadores_do_FC_Porto_submet.html

Fizeram MUITO MAIS AO PORTO do que a qualquer outro, e ninguem foi apanhado!

E o Jardel só começou a ter problemas depois da mulher meter-lhe os cornos, já quando ele estava no sporting, não no Porto.

Anónimo disse...

és mesmo cobarde, porque raio nao mostras os artigos do controlo anti-doping feito ao Porto? porque nao queres mostrar A VERDADE

A VERDADE em que o Porto foi sujeito a 40 VISITAS DE CONTROLO ANTI-DOPING, e o benfica apenas 11 sabendo que o nuno-assis foi apanhado no benfica, só fizeram 11!

cobarde!!!!

jbs disse...

Rapazinho, tem lá calma. Vai insultar os da tua laia, que alguns têm mais que fazer que andar a responder a quem tem muito tempo para andar a ler blogs dos adversários.
Alguns de nós têm uma vida, família, mas até acredito que nem saibas bem o que é isso.

Quanto ao que escreves:
1 - Nuno Assis foi considerado inocente. A única coisa que se provou foi que as amostras de urina andaram "perdidas" 72 horas, e não se sabe sequer se eram dele.
2 - E se foram controlados 40 vezes ano passado, o que adianta? Continua a não explicar como o Jardel nunca foi detectado! Pior ainda, se nos anos em que ele esteve no porto também foram controlados 40 vezes. Isso apenas apontaria para mais corrupção, a essa escala seria impossível ser só incompetência.

jbs disse...

Ah, e a fonte das tuas informações, o sr. Secretário de Estado, é a mesma pessoa que fez uma perseguição ao Nuno Assis por este não cumprir 3 semanas dos 6 meses que tinha sido condenado, tendo a condenação sido revogada por se ter provado os erros do LAD. Assim, sem provas, esse senhor conseguiu mais seis meses de suspensão para o atleta. Esse mesmo senhor continua calado sobre o Apito Dourado, e não disse uma palavra sobre o caso Jardel aqui mencionado. Ainda vais insistir que é uma fonte fidedigna?

 
origem