2008-10-21

Promiscuidades

Em Itália, também só se conseguiu prender os mafiosos quando deixaram de ser os juízes locais a julgarem, e passaram a existir equipas especiais de juízes e investigadores para levar os criminosos perante a justiça. Aqui, só houve uma equipa da judiciária que tudo fez para investigar (e por isso foi desmembrada), uma procuradora com coragem para reabrir os processos arquivados por frequentadores das galas do ladrão de ouro, e finalmente esses mesmos convidados especiais do papa para de novo arquivarem os processos contra todas as provas. Falhou a última fase. E obviamente, num governo onde pontifica o sr dias, convidado especial para as inaugurações da famiglia, nunca nada será feito para que a corrupção seja investigada.
Sabem uma coisa? Que se foda. Vou-me embora deste país de opereta, e espero que seja para não voltar. Estou farto desta mafiosice, desta corrupção que sobrevive mesmo à vista de todos e que todos fingem ignorar. Desde jogadores que ficam carecas aos 30 anos a àrbitros que ignoram guarda-redes que defendem com as mãos fora da área e anulam auto-golos por pretenso fora de jogo, jornaleiros contratados para atacar o Glorioso e defender e enaltecer os jogadores e equipas medíocres do grémio da fruta.
Que se fodam todos. Vou-me embora desta estrumeira à beira mar esquecida. O último a sair que apague a luz.

3 comentários:

Dylan disse...

Compreendo o teu desânimo mas precisamos de pessoas como tu para denunciar a corja papista.
Basta pensar que um dia aparecerá um homem como Baltazar Garzon para mudar a face deste país.

jbs disse...

Sabes que já não acredito? Este governo está demasiado enleado na teia, alternativa não existe (aqui a carneirada só vota nos dois grandes), são pelo menos mais quatro anos de corrupção impune e generalizada.
Sinceramente, estou farto. Já não há paciência. Os juízes do porto e de gondomar escarram acordãos vergonhosos e nada lhes acontece, o novo seleccionador vai ao beija-mão ao papa, e já se preparam mais umas benesses aos corruptos na preparação da candidatura ao mundial. E o pessoal continua calado e sereno. Nem com as imagens vergonhosas em directo, a época passada dum jogo de hóquei ganho à bomba e com cinco penalties inventados houve alguma indignação. Assim, não dá. Estou farto de chamar a atenção para as fraudes e roubos do nosso campeonato para depois a grande maioria dos comentários que recebo serem de alguns retardados boçais para quem é normal que o seu clube de aldeia compre árbitros e roube descaradamente.
Estou farto. Farto também de ver uma completa falta de espírito de dever, de ver colegas a trabalhar exclusivamente quando são obrigados a tal, de ver incompetentes a serem promovidos e a saltarem de empresa para empresa para ministério para empresa apenas graças aos amigalhaços e aos negócios menos claros.
Estou farto de ser considerado "esperto" o imbecil que foge ao pagamento de impostos. Estou farto de ninguém reclamar da péssima aplicação dos seus impostos.
Podia continuar. Mas o essencial é este - Estou farto. E finalmente vou-me embora.

Anónimo disse...

Tem calma que pode ser que haja uma frente esquerda e uma plataforma entre pcp,bloco e manuel alegre.Ha muita gente a lutar por isso para por fim á corja,precisamos de todos os soldados aqui.

PS.Um dos soldados.abraço

 
origem